2020-07-20 10:00:00

Governo cria medida para incentivar a formação dos trabalhadores açorianos que ainda não tenham retomado a atividade




O Governo dos Açores, através da Vice-Presidência, prosseguindo uma estratégia que assegure às empresas mais recursos humanos e melhor qualificados, criou a medida Qualifica+, destinada a reforçar as competências dos trabalhadores açorianos em áreas de formação estratégicas, permitindo, deste modo, que o período de redução da atividade económica corresponda a uma valorização profissional dos trabalhadores.

No âmbito desta nova medida, que se destina a trabalhadores ainda abrangidos pelo 'layoff', pretende-se potenciar a criação de sinergias entre as entidades formadoras, escolas profissionais e o tecido empresarial da Região num clima de gradual adaptação ao contexto económico.

Neste sentido, o Governo dos Açores irá disponibilizar um pacote com 100 ações formativas através das escolas de formação profissional da Região, num investimento adicional de dois milhões de euros, incentivando as empresas e os trabalhadores a aproveitarem este período em que ainda se regista menor atividade económica para reforçarem a formação e qualificação dos seus trabalhadores.

Este reforço de investimento imediato na formação de ativos representa igualmente um apoio adicional às empresas, contribuindo deste modo para um novo esforço de qualificação dos Açorianos que estão no mercado de trabalho, num contexto muito desafiante, e que irá potenciar a competitividade das empresas e da economia açoriana.

Atendendo à importância do impacto da formação ao nível da capacitação e qualificação dos recursos humanos da Região, constitui um estímulo ao envolvimento de todas as partes neste processo, nomeadamente trabalhadores, empresas e escolas profissionais que irão ministrar as formações.

De acordo com a Resolução do Conselho do Governo já publicada em Jornal Oficial, o Qualifica+ prevê a constituição de grupos de formação até um máximo de 25 e um mínimo de 20 formandos, desenvolvendo-se a formação durante o período normal de trabalho, não podendo o horário de formação exceder as 35 horas semanais.

Esta nova medida faz parte de um vasto conjunto de medidas extraordinárias de apoio criadas pelo Governo dos Açores, que visam minimizar as consequências na vida dos Açorianos resultantes da pandemia de COVID-19.

O Governo Regional com o Qualifica+ reforça, uma vez mais, o investimento na melhoria das qualificações dos Açorianos, valorizando-os e favorecendo a sustentabilidade e competitividade do tecido empresarial açoriano e o reforço do apoio ao rendimento dos trabalhadores.

GaCS




DÚVIDAS?
CONTATE-NOS

Governo dos Açores - Direção Regional do Emprego e Qualificação Profissional

Copyright - 2007-2020


Made in